Condenação mostra potencial para expansão do mercado de seguros

Em decisão do Juizado Especial Cível do Guará, Brasília-DF, e a conclusão de que houve falha na prestação do serviço de uma empresa de atividade física, mostra falta de cobertura de apólices de seguro.

Os valores desembolsados pela empresa condenada representam cerca de 1/4 do faturamento mensal médio de uma empresa do mesmo tamanho e segmento de atuação.

Não constava nos autos, qualquer contratação de apólice de seguros que contemplasse alguma garantia na esfera civil, em caso de acidentes.

Ainda cabe recurso da sentença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *