Alta da Selic beneficia ações de seguradoras e bancos

O Banco Central subiu a taxa básica de juros (Selic) a 6,25% ao ano. Essa foi a quinta alta em consecutiva feita pelo conselho do BC, que tenta minimizar os impactos da inflação no país. E embora esse ajuste de mercado signifique crédito mais caro na praça, para empresas e pessoas, existe um mercado que ganha com essa mudança: o setor financeiro.

Entre as seguradoras e bancos, a aceleração de vendas de ações deve seguir em alta no último trimestre de 2021 e seguir por 2022. E isso acontece porque os juros cobrados pelos clientes, aumenta a lucratividade das companhias, melhorando seu desempenho na bolsa de valores.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *