Cuidados cruciais para não cair em armadilhas envolvendo alvarás

A chave para evitar golpes relacionados a alvarás é o conhecimento, a cautela e o acompanhamento de um especialista sério

Nos últimos anos, tem havido um aumento preocupante no número de golpes relacionados a alvarás, deixando muitas pessoas vulneráveis e financeiramente prejudicadas. Esses golpes variam em complexidade e alcance, mas todos têm o mesmo objetivo: enganar as vítimas e lucrar ilegalmente. Para ajudar a proteger os cidadãos, é crucial entender as armadilhas e adotar medidas preventivas.

Um dos golpes mais comuns envolve falsas notificações de alvarás pendentes. Geralmente, os golpistas entram em contato por telefone, e-mail ou correspondência física, muitas vezes se passando pelo advogado da parte, alegando que existe um alvará pendente que precisa ser resolvido imediatamente. Geralmente, essas comunicações são convincentes e incluem detalhes pessoais, número do processo, detalhes do ajuizamento, enganando até mesmo as pessoas mais atentas.

É importante lembrar que agências governamentais legítimas não solicitam informações pessoais ou pagamentos por telefone ou e-mail, para liberação de alvarás. Sempre verifique a autenticidade da comunicação entrando em contato diretamente com a agência em questão, utilizando os números de telefone ou endereços de e-mail listados em seus sites oficiais.

Outra tática comum é a oferta de serviços de “intermediação” para resolver problemas relacionados a alvarás. Os golpistas se apresentam como especialistas que podem acelerar o processo de obtenção de alvarás em troca de uma taxa. No entanto, uma vez que o pagamento é feito, esses golpistas desaparecem, deixando as vítimas sem alvará e sem dinheiro.

Para evitar cair nesses golpes, é fundamental fazer uma pesquisa completa antes de contratar qualquer serviço relacionado a alvarás, como sempre estar em contato com o seu advogado ou os órgãos públicos para acompanhar o andamento do seu processo. Verifique as credenciais e referências deste escritório, procure avaliações de clientes anteriores ou um especialista para orientação.

Além disso, fique atento a sinais de alerta, como solicitações de pagamento antecipado, pressão para tomar decisões rápidas ou falta de transparência sobre os serviços oferecidos. Se algo parecer suspeito, confie em seus instintos e recuse-se a prosseguir até ter certeza da legitimidade da situação.

De acordo com o sócio do Rueda & Rueda Advogados e Mestre em Direito Penal, Dr. Clóvis Ramos, a chave para evitar golpes relacionados a alvarás é o conhecimento, a cautela e o acompanhamento de um especialista sério.

“Ao ficar informado sobre as táticas utilizadas pelos golpistas e seguir os cuidados cruciais mencionados acima, é possível reduzir significativamente o risco de se tornar uma vítima. A cautela é o melhor caminho para evitar cair em uma armadilha financeira”, conclui o advogado.

 *Sobre Clóvis Ramos: Advogado inscrito na OAB – Seccional Pernambuco e Distrito Federal. Mestre em Direitos Humanos, Segurança Pública e Direito Penal pela Universidade de Salamanca – Espanha. Especialista em Direito Tributário pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. MBA em Planejamento e Gestão Organizacional pela UPE/FCAP. Especialista em Direito Penal e Processo Penal pelo Instituto Damásio de Jesus. Atua na área de Contencioso Empresarial e Penal Empresarial em todo o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *